Emicida, Alaíde, Francisca e Teresa: um encontro entre o passado e o futuro musical de São Paulo

Passamos um domingo nas obras da nova Casa de Francisca, localizada na histórica “esquina musical” de São Paulo. Você confere aqui o resultado desta visita, com os bastidores da sessão de fotos de Emicida, que posou com Alaíde Costa para a revista Serafina. 

A Revista Serafina, encartada no último domingo (31.01) no jornal Folha de S. Paulo, traz uma sessão de fotos reunindo sete nomes das mais variadas vertentes e gerações da música brasileira. Alaíde Costa, Emicida, Tulipa Ruiz, Tim Bernardes (de O Terno), Juçara Marçal, Marcelo Pretto e Lívia Nestrovski posaram em meio às obras de restauração do belíssimo Palacete Teresa Toledo Lara, que abrigará a nova sede da Casa de Francisca.
Conhecida como a menor casa de shows da cidade, com 42 lugares, ela funciona desde 2007 no Jardim Paulista e em maio de 2016 ganhará um segundo espaço, com capacidade para até 150 pessoas, na rua Quintino Bocaiúva, bem próximo à Praça da Sé.

Mais do que seguir a tendência de reocupação do centro, o novo endereço traz consigo o resgate cultural de um prédio que já foi conhecido como “a esquina musical de São Paulo”, onde funcionou por décadas a sede da Rádio Record. Época em que fãs disputavam lugares nos auditórios com apresentações ao vivo. Tempo de artistas na varanda do palacete, acenando para o público que ansiava por ver estrelas como Adoniran Barbosa, que lá fez carreira e criou seus principais personagens.
Além disso, o prédio – que já teve seus períodos de depósito para grandes marcas de roupas -, também abriga a primeira loja de instrumentos musicais da cidade, hoje chamada Amadeus Musical.

Tirando a poeira da história
Axé ainda não está entre o cardápio de gêneros musicais que aportam na Casa de Francisca, mas uma boa trilha para o domingo passado no palacete poderia ser o refrão “levantou poeira”, de Ivete Sangalo!  O vazio do lugar em obras e a poeira resultante deste período de criação de um novo ambiente, deram uma estética marcante às fotos de Pablo Saborido.

Emicida e Alaíde Costa por Pablo Saborido para a revista Serafina
Emicida e Alaíde Costa por Pablo Saborido para a revista Serafina

A escolha dos tons pastéis para os figurinos também reforçou e deu um ar “vintage” ao lugar, acabou transpassando as imagens e veio direto para a vida real. Ali, ao lado da grande dama Alaíde Costa, em um prédio localizado no quadrilátero onde a cidade nasceu, onde floresceu a profissionalização de sua música, equipe e artistas viajaram no tempo.

Emicida na Casa de Francisca
Em 2014, um projeto intimista reuniu Emicida e os músicos Thiago França (sax, flauta, teclado e cavaco) e Rodrigo Campos (cavaco, violão, guitarra e percussão) . Com arranjos minimalistas, eles substituíram os beats do rap, dando lugar a uma forma bem particular de poesia cantada. O pequeno espaço e o grande sucesso fizeram com que o trio se encontrasse para outras apresentações na casa em 2015.

Emicida na Casa de Francisca para Serafina (4)

Rubens Amatto, um dos proprietários da casa e articulador de todo este encontro, falou ao blog sobre a experiência:

“Foi uma alegria enorme quando ele tocou pela primeira vez lá na casa, que é um espaço que tem uma relação muito íntima com o público, é uma casa pequena, e foi muito bacana porque ele está acostumado a fazer shows muito grandes. Foi uma troca muito positiva, muito humana. Ele desde o princípio tá com a gente, é um cara que tem um carinho muito grande e um humor que contagia – sem falar o talento dele.
Ter topado esse convite de participar desse momento novo da casa e de tantas outras coisas que a gente veio fazendo e convidando, é muita alegria. Emicida é um dos caras que a gente admira muito”.


No vídeo abaixo, Rubens fala mais a respeito do projeto, expectativas e a gente mostra um pouquinho dos bastidores do dia da gravação:


 Seja um fundador!
Mais do que frequentar: pertencer. Essa é a proposta da campanha permanente de financiamento coletivo El Fundador, que além de garantir recursos necessários para a manutenção da Casa, aproxima os financiadores do espaço, dando prioridade e desconto na compra dos concorridos ingressos, e os recompensa com produtos desenvolvidos especialmente para a campanha. O principal deles, a cadeira desmontável “El Fundador”, desenvolvida por Rubens, que é designer gráfico.

São duas maneiras de participar, com valores entre R$ 125 e R$ 2.600 (parcelados em 10x):

Sócio-fundador: além de participar da construção do novo espaço, recebe também alguns produtos simbólicos do projeto, como a cadeira projetada para o Palacete.

Sócio-torcedor: além de contribuir também com a construção do novo espaço, recebe produtos exclusivos do projeto e permite o acesso aos planos mensais para descontos em shows, almoços e jantares que serão lançados após a inauguração.

Clique na imagem e veja as formas de colaborar:

el-fundador-casa-de-francis


Quando encontrou Alaíde Costa para o início da sessão, Emicida contou que havia passado a semana ouvindo suas canções. E, para dividir com o público suas músicas prediletas desta cantora brasileira que em dezembro completou 80 anos, ele criou uma playlist exclusiva para o Blog:


Quer saber mais sobre o palacete? Clique na imagem para acessar o site São Paulo Antiga e conheça em detalhes a história do belo edifício:

Casa de Francisca - Palacete Teresa Toledo Lara - Por Angela Leon
Ilustração: Angela Leon
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s